Fluidez

Fluidez

Quando penso em fluidez a primeira coisa que me vem à cabeça é a fluidez da água, que invade todos os espaços disponíveis quando jorrada. E água é fundamental para nos mantermos vivos.

Assim como a arte o é. Falam de sétima arte, classifica-se arte em categorias, e isso pode mesmo facilitar, ao meu ver, diversos mecanismos para o seu fomento.

Mas arte, meus caros, é como a água: fluida. E sua fluidez permite que diversas formas de arte se comuniquem e se interrelacionem.

Eu mesmo estou envolvido em um projeto de interlocução de sonetos (dos quais quero promover um resgate cultural) com outras linguagens artísticas. E está dando super certo.

E se arte é como água, significa que também invade todos os espaços livres. Só que ao invés de hidratar o nosso corpo, hidrata a nossa alma.

Faça como eu: se deixe invadir!

 

Colunista Eduardo Maciel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *